Dores nos Seios: As Principais Causas e o que Fazer!

Os seios são um importante indicativo de que a mulher está saudável ou não. Por isso, esta área normalmente é sensível e delicada e pode, inclusive, se machucar facilmente. Muita gente associa dores nos seios com a chegada da menstruação, mas elas são muito mais que isso e podem acontecer por diversos motivos.

Além disso, as dores nos seios podem ainda ocorrer em apenas um seio ou nas duas ao mesmo tempo, podendo até mesmo irradiar para o braço. Esta dor mamária pode ser leve, sendo considerada normal, mas também pode ser severa impedindo as realizações das tarefas diárias. Indicamos aqui as causas mais comuns de dores nos seios:

Razões para sentir dores nos seios:

1. Menopausa:

Algumas mulheres quando estão entrando na menopausa podem sentir os seios doloridos ou com a sensação de queimação, além de outros sintomas típicos da menopausa, como ondas de calor, suor noturno e alterações de humor, por exemplo.

A dor no seio acontece devido à alteração nos níveis dos hormônios estrogênio e progesterona, que tendem a variar bastante durante a primeira fase da menopausa, afetando o tecido mamário e causando o desconforto.

O que fazer: não é necessário nenhum tratamento específico, mas usar um sutiã com bom suporte, diminuir a quantidade de cafeína e aplicar compressas mornas sobre os seios, são estratégias simples que podem reduzir a dor.

2. Amamentação:

Durante a amamentação quando os seios estão cheios de leite, as mamas podem ficar duras e muito doloridas, mas se a dor aguda e localizada no bico da mama, isso pode indicar uma rachadura, que provoca intensa dor e até mesmo, sangramento.

O que fazer: Se a mama estiver cheia de leite a melhor estratégia é dar de mamar ou tirar o leite com uma bombinha. Se os mamilos estiverem doloridos deve-se observar bem a área para verificar se existe algum ducto entupido ou rachadura no local da dor, que impede a passagem do leite, podendo causar mastite, que é uma situação mais grave. Assim, se tiver problemas com a amamentação o enfermeiro especialista em obstetrícia poderá indicar pessoalmente o que fazer para solucionar esse problema. Saiba solucionar este e outros problemas comuns da amamentação.

3. Uso de remédios:

A toma de certos medicamentos, como Aldomet, Aldactone, Digoxina, Anadrol e Clorpromazina tem como efeito colateral a dor nas mamas.

O que fazer: Deve-se informar o médico sobre o surgimento desse sintoma e também a sua intensidade. O médico poderá verificar a possibilidade de indicar a toma de outro medicamento que não cause mastalgia.

4. Cistos na mama:

Algumas mulheres têm um tecido mamário irregular chamado de seios fibrocísticos, que pode causar dor principalmente antes da menstruação. Esse tipo de problema não está ligado ao câncer, mas também causa a formação de nódulos nos seios que podem crescer ou desaparecer sozinho.

O que fazer: Nos casos em que a dor não está relacionada à menstruação, pode-se utilizar medicamentos como Tylenol, Aspirina ou Ibuprofeno, sob indicação médica. Saiba como é feito o tratamento para cisto na mama.

5. Mudança de anticoncepcional:

Ao iniciar a toma ou mudar de anticoncepcional pode surgir a dor na mama, que pode ser leve ou moderada e geralmente afeta as duas mamas ao mesmo tempo, podendo haver também sensação de queimação.

O que fazer: Massagem durante o banho e uso de sutiã confortável pode ser uma boa solução enquanto o corpo não se adapta à pílula anticoncepcional, o que pode demorar de 2 a 3 meses.

Outras causas possíveis:

Além dessas causas, existem muitas outras situações, como trauma, exercício físico, trombloflebite, adenose esclerosante, tumores benignos ou macrocistos, que podem ser esclarecidas pelo médico ginecologista ou mastologista.

Assim, se a dor na mama continuar presente mesmo com as soluções caseiras que indicamos aqui recomenda-se uma consulta para que o médico possa fazer o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado para cada situação.

Maneiras simples de prevenir dores nos mamilos:

  • Escolha bem seus sutiã e evite tecidos que causam alergia;
  • Lave as roupas íntimas com sabão de qualidade;
  • Escolha as roupas de acordo com seu tamanho, nem mais, nem menos;
  • Se você tem muitas dores nos seios antes da menstruação, evite tomar café nesse período;
  • Faça exercícios.

Agora que você sabe tudo que pode causar dores nos seios, não ignore esta informação. Se a dor persistir, procure ajuda médica e mantenha seus exames em dia.