É Com Este Poderoso Remédio Caseiro Que Você Irá Curar a Infecção Vaginal em Casa!

A infecção vaginal surge quando o órgão genital feminino é infectado por algum tipo de microrganismo, podendo ser bactérias, parasitas, vírus ou fungos, por exemplo, sendo os fungos da espécie Candida sp. mais frequentemente relacionados com a infecção na vagina.

Geralmente, a infecção vaginal provoca sintomas como coceira intensa na região íntima, vermelhidão, corrimento esbranquiçado e cheiro fétido, por exemplo, e algumas infecções mais comuns incluem:

  • Candidíase;
  • Vaginose bacteriana;
  • Tricomoníase;
  • Herpes genital;
  • HPV;
  • Clamídia;
  • Gonorréia;
  • Sífilis.

Estas infecções costumam ser transmitidas pelo contato íntimo, entretanto, a candidíase pode surgir em caso de alterações do pH vaginal e da flora bacteriana, comum em mulheres que passam por um processo de queda da imunidade ou estresse.

A infecção vaginal tem cura e o seu tratamento deve ser orientado por um ginecologista, pois é necessário identificar qual o organismo que está provocando a infecção e qual o remédio mais adequado para eliminá-lo.

infecção vaginal
infecção vaginal

Os tipos mais comuns de infecções vaginais são:

  1. vaginose bacteriana – mais de 50% das mulheres consultam os médicos sobre isso;
  2. candidíase (candidíase) – cerca de 25% das mulheres sofrem desta infecção fúngica causada por fungos microscópicos do gênero Candida;
  3. vaginite não específica (colpite) – ocorre sob a ação de estafilococos, estreptococos, enterococos, Proteus, intestinais ou Pseudomonas aeruginosa;
  4. tricomoníase (vaginite trichomonas) – o líder entre doenças sexualmente transmissíveis.

Os sintomas variam de acordo com o agente causador, mas alguns sinais e sintomas típicos são:

  • Dor ou ardor ao urinar;
  • Dor durante as relações;
  • Coceira na região íntima;
  • Corrimento com ou sem mal cheiro;
  • Feridas, úlceras ou verrugas na região íntima
  • Vermelhidão de toda a área afetada;
  • Dor no baixo ventre.

Estes sintomas podem aparecem de forma isolada ou associados, sendo comum que a mulher apresente pelo menos 2 destes sintomas. Além disso, é importante lembrar que outras doenças podem causar alguns dos sintomas, como dor na barriga ou durante a relação, por exemplo, sendo que a principal forma de identificar e confirmar que se trata de uma infecção genital é através da consulta com o ginecologista, que poderá fazer uma avaliação minuciosa e solicitar exames, se necessário.

Assim, outras alterações como alergias ou alterações hormonais também podem causar estes sintomas.

Remédio Natural Para Tratar Infecção Vaginal:

Agora que você conheceu o que é infecção vaginal e suas causas, confira em mais detalhes um excelente remédio caseiro para combate-la:

INGREDIENTES:

  • 3 colheres de chá de flores secas de camomila;
  • 1 xícara de água fervente.

MODO DE PREPARO:

  1. Para fazer o chá, você só precisa por as flores secas de camomila na xícara de água fervente e deixar por 5 minutos.
  2. Em seguida, coar e tomar.

A planta contém propriedades antimicrobianas e calmantes, podendo ser consumida como chá ou no banho de assento para alivio dos sintomas e combate a infecção vaginal.

Como é feito o tratamento para infecção vaginal:

O tratamento vai depender do micro-organismo envolvido, mas deve ser feito sob orientação médica e com o uso de medicamentos como Metronidazol, Cetoconazol ou Clindamicina, por exemplo. Recomenda-se, antes de iniciar o tratamento medicamentoso, realizar o diagnóstico laboratorial para identificar o agente causador e, assim, utilizar o medicamento que melhor o combata.

Como Prevenir a Infecção Vaginal:

Alguns cuidados que ajudam a evitar o desenvolvimento de infecções vaginais incluem:

  • Utilizar roupa íntima de algodão e pouco apertada;
  • Evitar utilizar calças muito apertadas;
  • Evitar o uso excessivo de duchas íntimas;
  • Manter a região íntima sempre limpa e seca.

É importante lembrar que a principal forma de evitar qualquer infecção vaginal é com o uso de preservativos, tanto masculino quanto feminino.