Mau odor na parte íntima: o que pode ser e como evitar

Para a grande maioria das mulheres, ter uma boa higiene e saúde na região íntima é um aspecto que ocupa muito tempo, esforço e preocupações. Especificamente, estamos sempre atentas às características do corrimento vaginal e, em especial, nos preocupamos ao detectar algum odor desagradável e diferente do normal. A preocupação é normal, pois um mau odor na parte íntima pode ser sintoma de alguma infecção ou outro problema.

No entanto, muitas mulheres recorrer a soluções temporais como perfumes ou produtos que muitas vezes pioram a situação. Além disso, é importante saber que a região íntima da mulher é de natureza ácida e um odor ligeiramente azedo é normal.

Apesar de alguma vez poder acontecer de o odor não ser o característico e chegar a ser desagradável, siga estes cinco simples conselhos para melhorar o odor, a higiene e saúde da região vaginal. Veja aqui no Nutri Saúde como evitar o mau odor na parte íntima.

Mau odor na parte íntima

Como Acabar com o Odor Vaginal:

O vinagre de maçã possui o mesmo pH da vagina e isto ajuda a regularizar o pH vaginal, diminuindo a proliferação da cândida albicans nesta região. Dessa forma acaba com o odor, assim como o corrimento e o desconforto genital. O que fazer para acabar com o odor vaginal:

Ingredientes:

  • 500 ml de água morna;
  • 4 colheres de vinagre de maçã.

Modo de Preparo:

  • Lave a região íntima com água corrente, e depois misture os 2 ingredientes, colocando-os no bidê ou numa bacia.
  • Por fim, utilize a mistura com vinagre para voltar a lavar a região e permaneça sentada dentro da bacia por 15 a 20 minutos.

Este banho de assento pode ser feito até 3 vezes por dia, sempre que for necessário aliviar os sintomas.

Mau odor na parte íntima – como evitar

1. Melhorar a limpeza

Isto não é sinônimo de utilizar muito sabonete ou sabonetes fortes. Pelo contrário, devem ser utilizados sabonetes com um pH adequado para a área. Limpar a região com água morna de forma minuciosa também é uma boa prática. É importante recordar que na região íntima habitam milhões de bactérias e outros micro-organismos benéficos que evitam infecções na região.

2. Mantenha-se hidratada

Consumir diariamente uma quantidade suficiente de água é vital para todas as funções, incluindo as da região íntima que é capaz de se autolimpar.

3. Comer mais iogurte

Embora soe um pouco estranho, o iogurte, pela sua quantidade de probióticos e bactérias benéficas para a saúde, ajuda a manter o pH vaginal em um nível adequado, combatendo fungos e bactérias que podem causar maus odores.

4. Consumir mais fruta fresca

Foi comprovado que aquelas mulheres que consomem regularmente fruta fresca desenvolvem menos infecções vaginais e consequentemente têm um melhor odor na área.

5. Visitar regularmente o ginecologista e notar mudanças na região íntima

É recomendável visitar o ginecologista ao menos uma ou duas vezes por ano ou de imediato ante qualquer mudança de odor ou cor do corrimento, coceira, ardência ou outros sintomas.

A saúde da região íntima é algo muito importante e ter a informação adequada é a solução. Você já aplica alguma dessas técnicas ou tem alguma outra?

Quando ver um Médico:

Se este odor for acompanhado por sintomas incomuns, você deve ignorar o tratamento em casa e consultar seu médico. Por exemplo, se o seu odor vaginal for mais forte do que o normal e parecer estar ficando mais forte, talvez seja necessário marcar uma consulta.

Da mesma forma, um cheiro de peixe é um motivo para procurar uma consulta. Esses odores podem ser sinais de um problema que não está melhorando. Você pode precisar de um medicamento ou tratamento de prescrição do seu médico.

Algumas corrimentos são normais. Se você notar um aumento no corrimento ou se os fluidos não estiverem mais brancos ou translúcidos, você pode ter uma infecção. Coceira ocasional também é normal, mas se você desenvolver uma coceira freqüente ou uma que seja dolorosamente irritante, você pode estar experimentando sinais de um problema maior.

Como Prevenir o Odor Vaginal:

Depois de eliminar o odor vaginal incomum, mantenha estas dicas em mente para evitar outro problema mais tarde:

  • Considere probióticos. Probióticos, que são bons para você bactérias, podem ajudar a manter o equilíbrio do pH em sua vagina. Alimentos ricos em probióticos incluem iogurte, kombucha e chucrute não pasteurizado.
  • Mantenha uma dieta saudável. Tente comer uma dieta balanceada com muitas frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras. Uma dieta equilibrada contribui para um corpo saudável e isso inclui sua vagina.
  • Fique hidratado. Beber muita água é bom para mais do que apenas a sua pele. Ele pode ajudar a saúde geral da sua vagina, também, incentivando a transpiração saudável e a liberação de líquidos.
  • Evite duchas. Você pode pensar que eles ajudarão a eliminar as bactérias ruins, mas também eliminarão as boas bactérias. Deixe seu corpo calcular as proporções de bactérias e pule essas lavagens antinaturais.
  • Lave sua vagina antes e depois da relação sexual. Sexo introduz bactérias, bem como substâncias estranhas como lubrificação e espermicida a partir de preservativos. Lave antes e depois do sexo para ajudar a manter os níveis naturais de bactérias.
  • Não use roupas apertadas. Roupas muito apertadas não deixam sua vagina e região da virilha respirar. Obter bastante oxigênio é vital para uma boa saúde vaginal.
  • Use calcinha de algodão. Calcinha de algodão afasta o excesso de umidade da sudorese ou descarga. Os tecidos sintéticos não são tão bons nisso.

Agora que você sabe o que fazer para acabar com o odor vaginal, teste e comprove.

:::