Sinais de câncer frequentemente ignorados

Os sinais de câncer variam muito ou podem não ocorrer. Alguns pacientes têm inchaços anormais, febres inexplicáveis, sudorese noturna ou perda de peso involuntária. Além disso, o câncer é uma doença perigosa e muitas vezes silenciosa.

Quando diagnosticada tardiamente, pode levar a graves problemas e até mesmo à morte. Mas felizmente nosso organismo é capaz de se manifestar e emitir sinais e sintomas de várias maneiras, permitindo que busquemos tratamento médico logo na fase inicial.

Entretanto, muitos acabam ignorando esses alertas, o que acaba adiando o tratamento. Conheça os sinais de câncer que o organismo transmite e que na maioria das vezes são ignorados.

Sinais de câncer:

1. Manchas na pele:

O câncer pode provocar alterações na pele, como manchas escuras, pele amarelada, manchas vermelhas ou roxas com bolinhas e pele áspera que causa coceira. Além disso, podem surgir alteração da cor, formato e tamanho de uma verruga, sinal, mancha ou sarda da pele, podendo indicar câncer de pele ou outro tipo de câncer.

2. Emagrecer sem fazer dieta ou praticar exercícios:

A perda de peso rápida de até 10% do peso inicial em 1 mês, sem estar fazendo dieta ou exercício físico intenso é um sintoma frequente em pessoas que estão desenvolvendo câncer, principalmente câncer de pâncreas, estômago ou esôfago, mas que também podem surgir em outros tipos.

3. Dor que não passa:

A dor localizada numa determinada região é comum em vários tipos de câncer, como câncer no cérebro, nos ossos, no ovário, no testículo ou no intestino. Na maioria dos casos, esta dor não alivia com o repouso e não é causada por exercício excessivo ou outras doenças, como artrite ou lesão muscular. É uma dor persistente que não cede com nenhuma alternativa como compressas frias ou quentes, somente com analgésicos fortes.

4. Febre que vai e volta, sem tomar remédio:

A febre irregular pode ser um sinal de câncer, como leucemia ou linfoma, surgindo devido ao sistema imune estar enfraquecido. Geralmente, a febre surge por alguns dias e desaparece sem precisar de tomar remédio, voltando a surgir de forma instável e sem estar ligada a outros sintomas como os da gripe.

5. Alterações nas fezes:

Ter variações intestinais, como fezes muito duras ou diarreia por mais de 6 semanas, pode ser um sinal de câncer. Além disso, em alguns casos também podem surgir grandes alterações no padrão intestinal, como ter fezes muito duras durante alguns dias e, em outros dias, diarreia, além de barriga inchada, sangue nas fezes, náuseas e vômitos.

Essa variação no padrão das fezes deve ser persistente e não ter relação com a alimentação e outras doenças intestinais, como intestino irritável.

6. Dor ao urinar ou urina escura:

Os pacientes que estão desenvolvendo câncer podem ter dor ao urinar, urina com sangue e vontade de urinar com maior frequência, sendo sinais mais comuns no câncer de bexiga ou na próstata. No entanto, este sintoma também é comum na infecção urinária e por isso deve-se realizar um exame de urina para descartar esta hipótese.

7. Sangramentos:

A hemorragia também pode ser um sinal de câncer, que pode acontecer na fase inicial ou numa fase mais avançada, podendo surgir sangue na tosse, nas fezes, na urina ou no mamilo, por exemplo, dependendo da região do corpo afetada.

Sangramento vaginal que não é o da menstruação, corrimento escuro, vontade constante em urinar e cólica menstrual podem indicar câncer de útero. Confira quais os sinais e sintomas que podem indicar câncer de útero.

O que fazer se suspeitar de câncer:

Em caso de suspeita de câncer deve-se ir ao médico para realizar exames de sangue como PSA, CEA ou CA 125, por exemplo, sendo que os valores ficam normalmente aumentados.

Além disso, o médico pode indicar uma ecografia ou ressonância magnética para observar o órgão e confirmar a suspeita de câncer e, em alguns casos, pode ser necessário a realização de uma tomografia ou de uma biopsia.

Após saber qual o tipo de câncer a pessoa possui, o médico indica também todas as possibilidades de tratamentos e inclusive a taxa de cura.